Bem-te-quero e malmequeres‏

Hoje, pelas 18h00 no Teatro Municipal de Baltazar Dias, nasce mais uma revelação no panorama literário madeirense.
Chama-se Gilberto Teles e apresenta o seu primeiro livro de poemas “Simplesmente eu”.
Um livro que traz dentro de si uma alma gigantesca de um poeta superior.
Um livro cujos poemas transpiram amor, paixão, devoção, sensualidade, enigma, interrogações, declarações, atitude, personalidade.
Um “eu” repleto de sinceridade e transparência. De humildade e simplicidade.
Será mais um momento alto que decorre num espaço nobre da cidade. Um espaço que tem alma e onde faz sentido as palavras esvoaçarem com a sinceridade com que foram desenhadas.
É mais um livro que se publica com a chancela da editora O Liberal. A editora que continua a dar voz e oportunidade a quem merece sem nada pedir em troca. Apenas porque nos seus corredores circula a arte de bem fazer livros. A arte da sensibilidade. A arte de ser filantropo. A arte de olhar o amanhã através das palavras de novos autores ou de outros já consagrados pelos leitores.
Como o evento é de porta aberta ao público estão desde já todos convidados. Apareçam porque vai valer a pena!
Ao autor os maiores sucessos para o seu início de trajectória poética. À editora os parabéns por continuar a apostar nos que merecem!

António Cruz escreve de acordo com a antiga ortografia

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest