2º festival de Órgão da Madeira encerrou com chave de ouro

Mais de 700 pessoas assistiram ao concerto de encerramento do 2º festival de Órgão da Madeira.

Mais de 700 pessoas assistiram ao concerto de encerramento do 2º festival de Órgão da Madeira enchendo por completo a Igreja de S. João Evangelista (Igreja do Colégio), no Funchal, confirmando assim o sucesso da segunda edição deste Festival em termos de audiências.

Com a Igreja do Colégio totalmente preenchida, com muita gente de pé e um número considerável de pessoas à porta, foi com satisfação que o Director Regional dos Assuntos Culturais, João Henrique Silva, fez a introdução do concerto de encerramento, começando por agradecer a presença das entidades oficiais, entre as quais o Representante da República, Ireneu Barreto, o Presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, o Secretário Regional da Educação e Cultura, Francisco Fernandes, o Bispo da Diocese do Funchal, D. António Carrilho, o Bispo Emérito, D. Teodoro

de Faria, bem como um agradecimento muito grande ao público que ali compareceu de forma massiva.

Depois foi tempo da música de Rheinberger ecoar pelo vetusto templo jesuíta, com a primeira parte do programa a ser preenchido pelo “Concerto nº 1 em fá maior” daquele compositor do século XIX, nascido no Liechtenstein mas com a carreira feita na Alemanha, em que António Duarte foi o organista, acompanhado pela Orquestra Clássica da Madeira, dirigida pelo maestro Miguel Graça Moura, numa interpretação que contagiou o público que no final de cada um dos três andamentos não se fez rogado e aplaudiu efusivamente.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest