Anona tem uma procura superior à oferta

Governo Regional quer duplicar produção de anona. Escoamento do produto é garantido.

O secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, Manuel António Correia, marcou presença na abertura da “XXI Exposição Regional da Anona”, que decorre, hoje e amanhã, na freguesia do Faial.

Dezenas de agricultores aproveitam a ocasião para expor e vender os seus produtos. Este ano, por força das condições climatéricas, a produção não cresceu consoante o previsto. “As circunstâncias climatéricas foram atípicas, nomeadamente a falta de chuva, e isso fez com que a produção não crescesse em relação ao ano passado, que era a nossa expectativa”.

Isto tendo em conta o aumento de árvores de fruto, explicou o governante, acrescentando mesmo que, nos últimos 10 anos, a área de cultivo passou dos 58 para os 100 hectares, o que equivale a uma produção anual de 600 toneladas de anona.

Manuel António Correia apontou que parte da produção, quase 1/6, é destinado a exportação. “À exportação corresponde uma entrada de dinheiro na Região e esse é o percurso que queremos percorrer. Queremos aumentar a nossa autonomia económica. Não há autonomia política, e nós somos profundamente autonomistas, se não for acompanhada por uma autonomia económica”.

E, neste contexto, a intenção do Governo Regional em duplicar a produção da anona. O desafio foi lançado aos agricultores, mas também aos consumidores. “A anona tem uma procura claramente superior à oferta e, por isso, deve ser alvo de uma aposta contínua dos agricultores porque tem escoamento garantido”.

O governante voltou a insistir na produção de produtos que fazem falta, sejam aqueles que importamos, sejam aqueles que o mercado procura.

No decorrer da visita o fim da ligação da Naviera Armas voltou à baila. Um facto já ultrapassado, inclusive com menores custos para os intervenientes, garantiu o secretário regional. “Desde logo começamos a trabalhar junto dos exportadores e com os transportadores para encontrar alternativas, (…) e devo dizer que o preço até desceu, relativamente àquele que estava em prática na altura.”

[fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

 

Pin It on Pinterest