Elisabete Jacinto vence 2ª etapa

A piloto portuguesa, acompanhada de Sofia Carvalhosa, sobe ao 2º lugar da classificação geral do Rallye Aicha des Gazelles.

Elisabete Jacinto, acompanhada de Sofia Carvalhosa, aos comandos de uma VW Amarok, inscrita pela Volkswagen Véhicules Utilitaires, foi a vencedora da 2ª etapa do Rallye Aicha des Gazelles, que teve partida e chegada a Nejjakh (Marrocos). O par português somou uma penalização de 32,86 pontos, menos 1,85 que a dupla Carole Montillet/Julie Verdaguer, equipa que se apresenta aos comandos de um Buggy Jugand.

Na classificação geral, disputadas que estão as duas primeiras etapas, a dupla francesa, que triunfou na edição de 2011, ocupa a liderança da prova, com uma vantagem de 2,69 pontos sobre a equipa portuguesa. Um excelente início de prova para a única equipa nacional presente, nesta que é a mais importante competição de navegação em todo-o-terreno, exclusivamente destinada a equipas femininas.

“Estou muito satisfeita com este regresso ao Rali das Gazelas. Já não participava na prova desde 2008 e é a primeira vez que o estou a fazer aos comandos de uma viatura 4×4 tradicional. Estou a gostar imenso de pilotar a VW Amarok, que nos tem permitido um desempenho muito bom, mas tenho que, acima de tudo, dar os meus parabéns à minha “gazela” que tem sido brilhante na navegação. Nesta segunda etapa foi necessário tomar opções decisivas e ela esteve sempre bem e isso permitiu-nos vencer e dar um pulo significativo na classificação geral. Agora vamos ter pela frente uma etapa com muita areia, no Erg Chebbi, zona que conheço bastante bem, mas aos comandos do meu camião MAN. Vai ser uma etapa maratona, disputada ao longo de dois dias, sem bivouac para pernoitar, nem assistência ao final do dia. Vai exigir, para além da navegação e da pilotagem, uma gestão muito eficaz do andamento, para conseguirmos efetuar o percurso dentro do tempo e com a menor penalização quilométrica possível”, salientou Elisabete Jacinto.

Para a dupla Elisabete Jacinto/Sofia Carvalhosa, esta é a quarta participação na prova. As duas primeiras foram feitas aos comandos de um Renault Kangoo e em 2008, ano em que a equipa portuguesa participou aos comandos de um camião MAN M2000, a vitória esteve perto. Depois de uma luta intensa com as melhores equipas 4×4, o par luso terminou no 2º lugar absoluto.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest