Exposição de Urbano em Angra

O Museu de Angra do Heroísmo inaugura a 13 de abril, na sala Dacosta, pelas 18h00, a exposição Urbano: antologia breve, constituída por um conjunto de 40 obras deste pintor micaelense.

Este conjunto de obras permitem dar conta da simplicidade e clarividência com que Urbano aborda temas naturais, ao mesmo tempo que documentam uma exploração pictórica sistemática e meticulosa das potencialidades expressivas de técnicas e materiais vários.

Urbano é um pintor que, como escreve Helena Ormonde, no catálogo da exposição, “povoa os nossos silêncios com os elementos e as formas primordiais, que recupera os mais profundos e mais elevados sonhos”, tornando-se, por isso mesmo, “criador desses espaços imaginados e imaginários que todos os museus aspiram ser”. Sóbrias, mesmo quando bem-humoradas ou ligeiramente provocadoras, as obras expostas cativam pela uniformidade serena do discurso que as une, apesar da pluralidade das técnicas utilizadas e da multiplicidade das referências icónicas nelas plasmadas.

Esta mostra resulta de uma parceria com o Museu Carlos Machado, repondo parcialmente o conteúdo da exposição Urbano- neste meio de mar organizada por aquela instituição micaelense.

Urbano (1959), que expõe pela primeira vez em Angra do Heroísmo, estudou gravura na Slade School de Londres com Bartolomeu dos Santos, tendo realizado inúmeras exposições em S. Miguel e em Portugal Continental. Desde 1997 é representado pela Galeria 111.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest