População sente-se traída pelo Governo de Jardim

PS diz que os madeirenses pedem o afastamento de um governo de mentiras.

O Partido Socialista da Madeira concluiu hoje, na freguesia do Curral das Freiras, uma visita de trabalho ao concelho de Câmara de Lobos.

Victor Freitas deu conta do descontentamento da população, a braços com o aumento do desemprego, o encerramento de empresas e a falta de condições de vida.

“Estas pessoas nunca imaginaram que o presidente do Governo tivesse criado uma dívida tão grande, que tombasse o futuro das atuais e das futuras gerações. As pessoas votaram, mas não deram carta branca ao PSD para trair aos madeirenses”.

O líder dos socialistas acusou assim o Governo Regional de lançar sobre os madeirenses e os portossantenses os erros da sua governação. O plano de ajustamento financeiro e o aumento dos impostos estão a sobrecarregar as famílias e as empresas e o maior culpado é o dr. Alberto João Jardim.

Nesta visita no âmbito da iniciativa política “Primeiro a Madeira” ficou ainda a constatação que a Madeira exige uma mudança. “Nestes 4 dias de auscultação senti uma revolta interior dos madeirenses. Quando olham para o futuro não vêem esperança e há um forte sintoma por parte da população”, que entende que enquanto Alberto João Jardim estiver no Governo não há esperança.

Victor Freitas voltou a falar da necessidade de renegociarmos a dívida da Região Autónoma da Madeira, facto que está dependente da atual maioria PSD, e apelou a que a população contribua para a mudança, através do voto.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest