Evento Porto Bay põe Madeira além fronteiras

Rota das Estrelas” uma iniciativa promovida pelo grupo Porto Bay, obteve um feedback muito positivo em jornais como “El Mundo” e “The Independent”.

Cerca de 70 meios de comunicação a nível regional, nacional e internacional divulgaram artigos, reportagens escritas e reportagens em vídeo sobre o evento “Rota das Estrelas” promovido no passado mês de Março pelo Grupo Porto Bay.

Títulos como “Madeira no Garfo”, “Madeira no Prato”, “Madeira a Ilha dos Gourmets”, “Funchal enche-se de Estrelas Michelin” ou “Madeira um destino de la “Rutas das Estrelas”, entre muitos aparecem na edição da maior revista maior revista brasileira de gastronomia “Gula”. Duas páginas no jornal espanhol “El Mundo”, uma página, que saiu há dois dias, no “The Independent”, duas páginas na rubrica Fugas do Jornal Público, reportagens televisivas na TVI, SIC, RTP I e RTP Internacional, um artigo no site espanhol “20 minutos” entre muitos artigos que podem ser consultados em www.rotadasestrelas.com no link “clipping”.

Em declarações ao CidadeNet António Trindade, administrador do Grupo Porto Bay, refere que este foi um evento com sucesso e que as publicações falam por si. Questionado sobre o facto da iniciativa ter um feedback positivo António Trindade diz que impacto foi generalizado e que o retorno será visto a médio prazo, evidenciando que a ação em termos promocionais teve grande eficácia.

“A evidência dos factos teve efetivamente impacto quer em termos de produto, quer em termos de macro-produto Madeira. Todas as notícias que saíram nos diversos órgãos de comunicação fazem referência à Madeira “a like Madeira”, em todos os artigos e esse é um dos nossos principais objetivos”, salientou.

António Trindade revelou que a iniciativa “Rota das Estrelas” é liderada pelo grupo Porto Bay, mas não é custeado a 100%. “Não pedimos valores pecuniários a ninguém, pedimos é colaboração em diferentes áreas. Se não fosse a secretaria do turismo, a agência de promoção da Madeira, a TAP, toda esta gente tem disponibilidade, por exemplo, garantido lugares de acessibilidades com uma transportadora tem relações com a própria transportadora que permite convidar jornalistas, agentes de viagem”, explicou, sublinhando que “mais do que pedir dinheiro o que pedimos é colaboração para projetos conjuntos e a garantia de projetos conjuntos é qualquer coisa que derrama para todos”. O administrador do grupo Porto Bay afirmou que o objetivo primordial é “passar para o exterior a mensagem de que a Madeira é o destino onde acontecem coisas”. O hoteleiro salientou ainda que não sendo a Madeira um destino de sol e praia “temos de ir à procura de iniciativas que suscitem a quem nos visita uma justificação para a visita, e é nesse sentido que quer em termos internos dentro do grupo, quer em termos externos de colaboração com o próprio destino em si, interessa-nos fazer a publicidade daquilo que vai acontecendo na Madeira”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest