“Jardim está velho para chegar a bispo”

A consideração é do líder do PS/Madeira que aconselha o presidente do GR a desistir de mandar na Igreja e nos senhores padres.

O líder regional do PS, Victor Freitas, criticou hoje Alberto João Jardim por este estar a intrometer-se em áreas que não lhe dizem respeito, nomeadamente a igreja e os clérigos. O presidente dos socialistas falava no final da iniciativa, Primeiro a Madeira, que decorreu ao longo desta semana no concelho da Calheta, para aconselhar o chefe do executivo regional a cuidar dos problemas dos madeirenses e não da Igreja.

“A população questiona estas atitudes do senhor presidente do governo, de tentar intimidar a Igreja a livre expressão dos senhores padres numa atitude que não se percebe o porquê. Estas ofensas que têm existido, constantemente, para com aqueles que têm tido um papel social na RAM, que tem contribuído para diminuir os problemas sociais e apoiar as populações, de facto não se percebe que um presidente de um governo entenda que tem de intimidar os senhores padres para desquartar a livre expressão”, apontou.

Victor Freitas acusou ainda Jardim de querer “ser bispo” para mandar na Igreja, “a César o que é de César a Deus o que é de Deus. E o drº Alberto João Jardim já não manda naquilo para que foi eleito, quanto mais querer se meter a mandar na Igreja, ele já está velho para ir para seminário para chegar a padre quanto mais para chegar a bispo”, ironizou. Acrescentando, que atualmente muitos madeirenses não veem com bons olhos os comportamentos que Jardim tem tido para com os sacerdotes. O líder socialista aconselhou o chefe do executivo a cuidar dos problemas dos madeirenses e a deixar a Igreja em paz.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest