PSD rejeita proposta para apoio a medicamentos contra o dengue

Sociais-democratas alegam que os medicamentos utilizados já são baratos e que não se justifica comparticipação.

IMG_5655A Comissão de Parlamentar Especializada de Saúde e Assuntos Sociais reuniu hoje com 14 pontos na ordem de trabalhos. À saída da reunião presidente da comissão, Mário Pereira, explicou que antes da ordem de trabalhos houve intervenções dos deputados pelo facto da referida reunião ter sido adiada por duas vezes por falta de comparência dos deputados do PSD.

A maioria social-democrata chumbou uma proposta do PS que “recomenda o Governo Regional para, com urgência, estabelecer todos os mecanismos e reunir as condições financeiras necessárias no sentido de assegurar a comparticipação em todos os medicamentos associados à dengue, quer para prevenção, quer para a cura”.

Os deputados do PSD justificaram o chumbo com o facto de os referidos medicamentos “paracetamol já serem relativamente baratos”. Foi aprovado por unanimidade um projeto de resolução da autoria do PCP que requer a “apreciação e votação do projeto “instituição do Dia Nacional da Segurança Infantil.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest