“População também devia fazer parte deste processo”

Câmara do Funchal abre concurso de ideias para a Loja do Munícipe.

Miguel Gouveia, vereador da Câmara Municipal do Funchal, diz que “concurso é, acima de tudo, um apelo aos criadores de todas as idades (designers, estilistas ou entusiastas), no sentido de criar uma identidade para aquela que será a face mais visível da Câmara na interacção tanto com os munícipes”.

Ricardo Jorge Soares
rsoares@tribunadamadeira.pt
A Câmara Municipal do Funchal (CMF) vai inaugurar em breve a sua Loja do Munícipe (no antigo edifício das Águas), o espaço físico onde todo o atendimento camarário passará a estar concentrado. A medida é considerada essencial na política de modernização administrativa prosseguida pelo Executivo em funções e a autarquia entendeu que a população também devia fazer parte deste processo. Desta forma, decorre até 30 de Setembro um concurso de ideias, aberto à população em geral, de onde resultará a escolha do logótipo e da indumentária dos funcionários afectos à Loja do Munícipe. O vencedor terá direito a um prémio no valor de 1500€.
“Este concurso de ideias é, acima de tudo, um apelo aos criadores de todas as idades (designers, estilistas ou entusiastas), no sentido de criar uma identidade para aquela que será a face mais visível da Câmara na interacção tanto com os munícipes, como com os nossos visitantes”, explicou Miguel Gouveia, vereador com o pelouro das Obras Públicas. “É mais uma oportunidade ao nível da participação, neste caso no campo das artes visuais, e traduz bem a nossa vontade de que os funchalenses se envolvam em todos os processos decisórios da cidade.”
O regulamento do concurso pode ser consultado no site da CMF e os trabalhos devem ser entregues pessoalmente na Divisão de Atendimento do Município.

Última semana para apoios ao associativismo
Segundo a CMF, esta é a última semana de candidaturas para Apoios Financeiros ao Associativismo e a Actividades de Interesse Municipal. Os pedidos de apoio devem, assim, ser apresentados na Divisão de Atendimento e Administração do Município até à próxima quarta-feira, dia 31 de Agosto.
“Podem candidatar-se a estes apoios entidades legalmente existentes, que tenham ou não sede no Município do Funchal, desde que desenvolvam actividades relevantes e no interesse da cidade. O âmbito é diverso: Social, Cultural, Educativo, Desportivo, Recreativo, Ambiental e de Património Natural, de promoção da Saúde e prevenção de doenças, promoção do desenvolvimento económico, da igualdade de género, da cidadania e dos direitos humanos, da Protecção Civil e da informação e defesa dos interesses dos cidadãos”, aponta a autarquia.
O regulamento e o formulário de candidatura podem ser consultados no site da Câmara Municipal do Funchal.

«Europa Criativa» em sessão de esclarecimento
Também a CMF, através da Divisão de Cultura e Turismo, acolhe, no próximo dia 8 de Setembro no Teatro Municipal Baltazar Dias, uma sessão de esclarecimento dedicada ao Programa «Europa Criativa». Este é um programa da União Europeia (UE) que visa o apoio aos sectores cultural e criativo, reunindo os anteriores programas MEDIA, MEDIA Mundus e CULTURA, e irá decorrer entre 2014 e 2020. Para a sua execução está prevista uma dotação financeira de um milhão e meio de euros.
Os principais objectivos deste programa, que será apresentado pelo Centro de Informação Europa Criativa, passam por garantir a salvaguarda e a promoção da diversidade cultural e linguística europeias, mas também por reforçar a competitividade dos sectores cultural e criativo, com vista à promoção de um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo.
“A sessão de esclarecimento abordará dois subprogramas de financiamento: o MEDIA, dirigido exclusivamente ao sector cinematográfico e audiovisual, será apresentado por Manuel Claro, Coordenador Executivo do Centro; e o subprograma CULTURA, que engloba as restantes expressões culturais e artísticas, e será apresentado por Susana Costa Pereira, a sua responsável. A sessão de esclarecimento irá decorrer entre as 10h e as 12h45, estando o horário compreendido entre as 15h e as 18h para reuniões individuais com eventuais interessados em discutir projectos específicos”, pode ler-se no comunicado enviado às redacções.
A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição até o dia 7 de Setembro, através do seguinte endereço: geral@europacriativa.eu

One thought on ““População também devia fazer parte deste processo”

  • 5 Setembro, 2016 at 18:24
    Permalink

    Os concursos em Portugal [continental e insular] são sempre à medida…

Comments are closed.

Pin It on Pinterest