Produto Interno Bruto aumentou 0,9% em volume

O Produto Interno Bruto (PIB) registou, em termos homólogos, um aumento de 0,9% em volume no 2º trimestre de 2016 (taxa idêntica à observada no trimestre anterior). O contributo da procura interna para a variação homóloga do PIB diminuiu, passando de 1,7 pontos percentuais (p.p.) no trimestre precedente para 0,6 p.p., refletindo sobretudo o crescimento menos intenso do consumo privado e a redução mais expressiva do Investimento. O contributo da procura externa líquida aumentou para 0,2 p.p. (no 1º trimestre de 2016 tinha-se registado um contributo negativo de 0,7 p.p.), verificando-se uma desaceleração das Importações de Bens e Serviços mais acentuada que a verificada nas Exportações de Bens e Serviços.

Comparativamente com o 1º trimestre de 2016, o PIB registou uma taxa de variação de 0,3% em termos reais (0,2% nos dois trimestres anteriores). O contributo da procura interna para a taxa de variação em cadeia do PIB foi 0,2 p.p. e o contributo da procura externa líquida também foi positivo (0,1 p.p.), devido ao crescimento das Exportações de Bens e Serviços mais intenso que o das Importações de Bens e Serviços.

Comparando com a Estimativa Rápida para o 2º trimestre, refletindo a incorporação de informação adicional entretanto disponível, verificou-se uma revisão em alta de 0,1 p.p. nas taxas de variação homóloga e em cadeia do PIB.

Pin It on Pinterest