Revisores Oficiais de Contas reúnem-se em Congresso

Os Revisores Oficiais de Contas (ROC) reúnem-se em Congresso num evento que vai contar com a participação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, bem como do Ministro das Finanças, Mário Centeno e do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral. Subordinado ao tema “Auditoria na Supervisão”, o XII Congresso dos ROC vai ter lugar a 15 e 16 de setembro, no Fórum Lisboa, em Lisboa.

A presente edição do Congresso dos ROC vai contar com a natural participação dos presidentes das três entidades de supervisão financeira (Banco de Portugal e Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, CMVM, Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões) de representantes do Audit Comittee Institute, Câmara Municipal de Lisboa, Comissão de Normalização Contabilística, Conselho de Finanças Públicas, IAPMEI, Instituto Português de Corporate Governance, Supremo Tribunal de Justiça e Tribunal de Contas, entre outros oradores e representantes de instituições nacionais e internacionais, para a discussão do papel da Auditoria como garantia de rigor e confiança num contexto exigente de Supervisão.

Para a Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, o Congresso pretende ser uma oportunidade de transmissão da importância do papel destes profissionais, possuindo um caráter inclusivo, não se cingindo a uma iniciativa apenas destinada aos profissionais da área e envolvendo um contexto de intervenção alargado.

O evento vai contar com um painel de intervenientes oriundos de variadas áreas e serão tratados temas de Economia, do Governo das Sociedades, das Tecnologias de Informação, de Mercados e Informação, do Setor Público, do Interesse Público, do Comportamento, enfim, dos Desafios do Auditor, numa discussão que engloba a evolução e relevância da atividade da Auditoria, abordando ainda as questões de organização profissional, a inserção nas instituições nacionais e internacionais de supervisão, as tecnologias de apoio à prática da profissão e a reflexão sobre a atuação do profissional.

Em linha com uma das mensagens centrais ao discurso da OROC, a discussão a ter lugar no XII Congresso tem por objetivo evidenciar o caráter de rigor e transparência da profissão e a natureza do revisor enquanto parceiro privilegiado das organizações na garantia de melhores práticas no âmbito da Supervisão.

Pin It on Pinterest