LIVRE quer que os Açores sejam pioneiros, não só em Portugal, mas no mundo

O LIVRE apresenta-se pela primeira vez às eleições regionais dos Açores, concorrendo nos círculos de São Miguel e do Pico e no Círculo Regional de Compensação. As listas de São Miguel e de Compensação são encabeçadas por José Azevedo, um conhecido biólogo e professor universitário, com uma reconhecida atividade académica e técnica na Região, em particular na área da conservação da biodiversidade. A lista do Pico é encabeçada por Filipe Gomes, ilustrador e candidato independente, que pretende conjugar arte e ciência, colocando a sua visão dos Açores como uma região central, com potencial para criar ideias inovadoras, ao serviço do desenvolvimento sustentável da Região.

O mote da candidatura do LIVRE à Assembleia Legislativa dos Açores é “E se os Açores fossem pioneiros no mundo”, apresentando propostas arrojadas em 4 áreas principais: Sustentabilidade e Ecologia; Rendimento e Qualidade de Vida; Economia Regional e Cooperação e; Democracia e Cidadania.
As principais propostas são o fomento da microgeração de energia e a produção coletiva de energia elétrica, o combate à pobreza através do estudo da implementação de um rendimento básico incondicional, o fomento da economia regional e local através da criação de um projeto piloto de moeda local, à escala de um Município ou de uma ilha e um reforço dos mecanismos de democracia participativa que permitam aos Açorianos uma maior participação na tomada de decisões do Governo Regional.
O LIVRE apresenta-se a estas eleições com o objetivo claro de transformar os Açores numa região de charneira no mundo na experimentação de propostas radicalmente inovadoras na criação de bem-estar para os Açorianos e na valorização das inúmeras riquezas da região.

Pin It on Pinterest