Tump é acusado de assédio

O «New York Times» publicou esta semana a história de duas mulheres que afirmam ter sido vítimas de assédio por parte de Donald Trump, candidato Republicano à Presidência dos EUA. Isto após o próprio milionário ter trazido para a praça pública casos relacionados com Bill Clinton, marido da sua adversária na corrida à Casa Branca.

Jessica Leeds, actualmente com 74 anos, disse ao jornal nova-iorquino que Trump viajou com ela num avião há cerca de 30 anos e que este a apalpou, poucos minutos após a descolagem e sem que se conhecessem. Já Rachel Crooks contou que, em 2005, se apresentou ao empresário e que este a beijou na boca contra a sua vontade.

Segundo o «New York Times, Trump foi informado na terça-feira sobre estes relatos e negou que sejam verdadeiros. Um porta-voz da sua campanha também considerou o artigo como uma “ficção”, acusando mesmo o jornal de “difamação”.

Segundo a CNN, Donald Trump já ameaçou o jornal com um processo. Marc E. Kasowitz, um dos advogados de Trump, exigiu que o artigo fosse retirado do site e que o jornal publicasse um pedido de desculpas, caso contrário o caso irá para tribunal.

Entretanto, destaca a Fox News, mais duas mulheres vieram a público esta quarta-feira para acusar Donald Trump de assédio. Mindy McGillivray, de 36 anos, revelou ao Palm Beach Post que também ela foi apalpada, no caso durante um concerto em 2003, numa propriedade do milionário. Natasha Stoynoff, que escreve para a People, diz que Trump a encostou à parede e beijou-a contra a sua vontade, durante uma entrevista, em 2005.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger