Rúben Freitas expõe em Cuenca

Rúben Freitas, forma parte de um grupo de 12 artistas onde participam num evento intitulado “La Situación” 2016 Cuenca.

A exposição decorrerá na Casa de la Demandadera (junto a la Fundación Antonio Pérez).

Cuenca La Situación 2016, é um convite ao pensamento colectivo. Uma semana intensa de debates entre artistas de distintas disciplinas para pensar sobre o presente das nossas práticas artísticas.

O que habitualmente se entende por prática artística é um tipo de produção e experiência em que se segue dependente da ideia de bem-estar social. A sociedade do bem-estar, lugar de realização dos direitos humanos, onde esta foi substituída pela sociedade da precariedade, os direitos não são mais considerados fundamentais.

Um projecto de estudantes e professores da Faculdade de Bellas Artes de Cuenca.

Rúben Freitas participa com um trabalho de fotografia intitulado (des + humano), onde refere aos 10 mil migrantes e refugiados que se encontram actualmente em Calais.

“Um atentado à paz com uma mensagem cheia de flores que simboliza o direito à vida, nascer (na + ser), crescer (crer + ser) e viver (vi +ver). Já basta!

Que poder foi vos concebido e consagrada tal permissão para abuso e controle dos direitos humanos? Este problema, não só reflete os refugiados, bem como o abandono da percepção humana. Quem somos? Deixámos de sentir?”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger