Erro humano na origem de acidente com C-130

A Força Aérea diz que foi erro humano que esteve na origem do acidente com o avião C130 no Montijo, em Julho, que causou três vítimas mortais, um ferido grave e três feridos ligeiros. As conclusões retiradas do processo de averiguações foram reveladas esta quarta-feira, em comunicado.

Segundo o relatório, “a tripulação perdeu o controlo da aeronave, a qual descreveu uma trajectória para a direita sem hipótese de correcção, saindo da pista e imobilizando-se”, ou seja, que o acidente “ocorreu devido à impossibilidade da tripulação em controlar eficazmente a aeronave”.

Recorde-se que o avião saiu da pista e deflagrou um incêndio que se propagou rapidamente a toda a fuselagem do aparelho. Quatro dos tripulantes conseguiram abandonar o C130 através das janelas do «cockpit», os restantes não conseguiram recorrer a outra saída de emergência.

Pin It on Pinterest