Tendência de redução nos fundos de investimento

No final do terceiro trimestre de 2016, o valor das unidades de participação em circulação dos fundos de investimento (valor líquido global) foi de 22,8 mil milhões de euros, menos 1,2 mil milhões de euros que no final de 2015. Cerca de dois terços deste decréscimo foram justificados por

reembolsos e liquidações de unidades de participação, sendo o restante devido a desvalorizações.

A tendência de redução verifica-se em todos os tipos de fundos, com destaque para os fundosimobiliários e os fundos de obrigações, com decréscimos de 0,7 e 0,2 mil milhões de euros, respetivamente.

Os particulares mantêm-se como principal setor investidor em fundos de investimento, detendo cerca de 36% do total das unidades de participação em circulação no final de setembro. Ao longo dos primeiros nove meses de 2016, o valor das aplicações de particulares reduziu-se 0,6 mil milhões de euros, refletindo maioritariamente o desinvestimento neste tipo de ativos financeiros.

Pin It on Pinterest