Mais de metade dos desempregados não tem o 9º ano de escolaridade

Aproximadamente 90 desempregados de longa duração frequentaram Formação Modular em 2016, abrangendo jardinagem, língua inglesa e informática.  A Secretária Regional da Inclusão e Assuntos Sociais acompanhou as atividades letivas teóricas e práticas desenvolvidas pelo Instituto de Emprego da Madeira em conjunto com a Escola do 2º e 3º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro, em São Roque.

“Mais de 50% da nossa população desempregada não tem o 9º ano”, realçou Rubina Leal aos jornalistas, acrescentando que “neste sentido temos procurado dar formação, competências e incrementar as habilitações.

“É de salientar que dois terços dos alunos que terminaram a formação modular regressaram à escola e estão a aumentar as suas habilitações literárias”, complementou a governante.

A Formação Modular para Desempregados de Longa Duração visa promover a inclusão de públicos há mais tempo afastados do mercado de trabalho, com baixas qualificações, que passam por processos de desmotivação e perda de competências, dificultando a sua participação na vida ativa e a sua integração em medidas ativas de emprego.

Pin It on Pinterest