Extorsões e as burlas na Internet registaram um crescimento significativo

As extorsões e as burlas na Internet registaram um crescimento significativo na criminalidade em Portugal, mas os crimes violentos têm diminuído, apontam os dados de um relatório das forças de segurança portuguesas divulgado esta segunda-feira no Diário de Notícias. Nos primeiros nove meses de 2016 houve menos de 6,5% de participações criminais e menos 10,5% de queixas por crimes violentos que no ano anterior.

De acordo com o referido relatório das Forças de Segurança, as extorsões e as burlas informáticas são os crimes que mais aumentaram e por isso contrariam a tendência da descida da criminalidade violenta. As chantagens informáticas, sobretudo de cariz sexual, aumentaram 70% entre o mês de Janeiro e Setembro, enquanto que as burlas tiveram um crescimento de 20%.

As queixas-crime relativas a burlas fora do cenário informático aumentaram 11% nos primeiros nove meses deste ano, o que também se verifica com os furtos de oportunidade, com um aumento de 14%. Os assaltos a farmácias, os roubos por esticão, os assaltos a casas e viaturas, assim como os raptos e sequestros, estão em queda a nível nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger