Funchal voltou a ser premiado na área da Acessibilidade

A Câmara Municipal do Funchal recebeu, da parte do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade (ICVM), um Certificado de Acessibilidade, atribuído no âmbito dos “Itinerários Turísticos Acessíveis de Portugal”, que vem reconhecer, uma vez mais, todo o trabalho que tem sido desenvolvido pela Autarquia nesta área. Ao certificado juntou-se a inclusão do Funchal num projeto piloto a nível nacional, liderado pelo Turismo de Portugal, que criou um itinerário acessível da cidade no site Visit Portugal, bem como a entrega da Bandeira da Rede de Cidades e Vilas de Excelência (RCVE).

Recorde-se que, no passado mês de novembro, a Comissão Europeia distinguiu o Funchal no Prémio Cidade Acessível 2017, tendo a capital da Região sido uma das sete cidades premiadas em todo o continente europeu, pelo “contínuo compromisso da cidade com vista à Acessibilidade em circunstâncias geográficas difíceis.” Para Paulo Cafôfo, “este é mais um reconhecimento importante a nível nacional, à luz de tudo o que temos feito em termos de Acessibilidade e Inclusão nos últimos três anos. Tem sido um trabalho de fundo, em áreas tão distintas como a Mobilidade, o Urbanismo, as Infraestruturas e Equipamentos e o Turismo, que também acabou de ser reconhecido em termos europeus.” A cerimónia de atribuição do Certificado e da Bandeira decorreu hoje no Salão Nobre da Câmara Municipal do Funchal, com a presença de Paula Teles, Presidente do ICVM, e Pedro Ribeiro da Silva, Presidente da RCVE.

Paulo Cafôfo acrescentou que “definimos como prioridade estratégica tornar a cidade mais acessível e mais inclusiva e é com orgulho que os resultados estão à vista. O Funchal quer ser um destino de excelência para o Turismo Inclusivo, a partir da premissa de que a boa oferta turística deve ser sempre resultado de um território sustentável para as nossas pessoas.” A escolha do Funchal para ter um roteiro acessível no portal Visit Portugal centrou-se no reconhecimento do trabalho e planeamento realizado pela Autarquia no que respeita às condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. O Funchal passa a fazer parte de um restrito lote de cinco cidades portuguesas com roteiros deste tipo, que inclui Lisboa, Porto, Angra do Heroísmo e Faro.

O Certificado de Acessibilidade do ICVM tem como objetivo criar uma diferenciação positiva e atestar a vantagem comparativa das cidades que o detêm a nível nacional, reconhecendo e promovendo o mérito de lugares turísticos que prezam as condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

Pin It on Pinterest