Degradação de escola obriga à transferência de alunos

Cerca de 300 alunos das turmas dos sétimo e oitavo anos da Escola Secundária Alexandre Herculano, no Porto, vão passar a ter aulas noutra escola devido ao avançado estado de degradação do edifício, que obrigou à interrupção de aulas.

Até ao final do ano lectivo, os referidos alunos vão passar a ter aulas na Escola Ramalho Ortigão.

Mesmo assim, há 20 turmas, do nono até ao 12º anos, e mais três do ensino nocturno, que continuam a ter aulas no mesmo edifício, que só será reaberto na próxima quarta-feira.

O director da escola, Manuel José Lima, recebeu a garantia por parte da Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares de que as obras no edifício ficam concluídas no espaço de três anos e vão ser lançadas no âmbito do programa «Norte 2020».

Pin It on Pinterest