Subida na produção de veículos automóveis em Portugal

Os números da produção de automóveis do mês de Janeiro revelam que o setor da construção automóvel está em retoma. Os construtores de automóveis a operar em Portugal produziram, no mês passado, 12.607 novas viaturas, o que representa uma subida de 51,5 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, em que apenas 8.317 viaturas foram produzidas.

Esta ligeira subida vem atenuar o cenário de quebra nos ritmos de produção, registada ao longo de todo o ano de 2016, e remete-nos para valores semelhantes aos de 2015. No mês de Janeiro, por tipos de veículos automóveis, apenas se registam valores negativos (-8,2 por cento) no fabrico de comerciais ligeiros, sendo que a produção de ligeiros de passageiros e de veículos pesados registaram um aumento de 116,5 por cento e 86,3 por cento, respetivamente.

Relativamente aos veículos ligeiros de passageiros produzidos por marca a operar em Portugal, a Volkswagen lidera o ranking com 4.303 automóveis fabricados, seguida pela Seat com 2.232, a Peugeot com 968 e, finalmente a Citroen com 628 veículos produzidos.

No caso dos comerciais ligeiros, a tabela é comandada pela Citroen com 1.891 e pela Peugeout com 1.480 unidades, seguida pela Mitsubishi com 273 e pela Toyota com 262 veículos produzidos. No segmento dos pesados só a Mitsubishi produziu veículos em Janeiro, totalizando 570.

Os números de Janeiro ilustram, uma vez mais, o peso que as exportações representam para o setor automóvel já que 96,2 por cento dos veículos fabricados em Portugal têm como destino o mercado externo, o que, note-se, contribui de forma significativa para a economia nacional.

A Europa continua a ser o mercado líder nas exportações dos veículos fabricados em Portugal – totalizando 80,4 por cento – com Espanha (17,1%) e Alemanha (15,9%) no topo da lista.

Em termos geográficos o mercado asiático, encabeçado pela China (14,2% por cento), mantém o segundo lugar nas exportações de automóveis “made in Portugal”.

Pin It on Pinterest