GNR organiza evento internacional FIEP

No âmbito da Associação FIEP, a Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou um evento internacional reunindo mais de 50 participantes, de 18 países diferentes e agências nacionais e internacionais.

O Seminário da FIEP sobre “Movimento Transnacional de Resíduos”, cofinanciado pelo FSI, permitiu reunir peritos de diferentes áreas de especialização, que vieram aproximar e aumentar a cooperação entre forças de Gendarmerie e agências administrativas presentes no evento, por forma a melhor enfrentarem o crime ambiental transfronteiriço.

Decorreu também a Comissão FIEP sobre Organização do Serviço, a última até à Cimeira de Comandantes das forças Gendarmerie FIEP, trazendo responsabilidades adicionais relacionadas à finalização das atividades do presente ano, incluindo a análise da admissão de novos membros para a FIEP.

Foram ainda apresentadas as capacidades da Guarda no âmbito ambiental, onde se incluem o SEPNA e o GIPS, bem como na área das migrações, tema da atual Presidência FIEP assumida pela Gendarmerie (Darak) da Jordânia, nomeadamente as capacidades projetadas no âmbito das missões FRONTEX.

As novas ameaças e os desafios à segurança global mostram que as forças policiais com estatuto militar têm um papel decisivo no estabelecimento da paz, liberdade e segurança.

Integram a FIEP a França (Gendarmerie Nationale), Itália (Carabinieri), Espanha (Guardia Civil), Portugal (GNR), Turquia (Jandarma), Holanda (Koninklijke Marechaussee), Marrocos (Gendamerie Royale), Roménia (Jandarmeria), Jordânia (Gendarmerie), Argentina (Gendarmerie), Chile (Carabineros), Qatar (Lakhwiya), Tunísia (Guarda Nacional), Palestina (NSF) e Brasil (CNCG Polícias Militares). Encontram-se em processo de adesão o Djibouti (Gendarmerie Nationale), Kuwait (Guarda Nacional) e Geórgia (Departamento de ações especiais).

Pin It on Pinterest