Operação da GNR resulta em 431 detidos em flagrante delito

A Guarda Nacional Republicana, para além da sua atividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, na última semana, de 30 de junho a 6 de julho, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, registando-se os seguintes dados operacionais:

– Detenções: 431 detidos em flagrante delito, destacando-se: 147 por condução sob o efeito do álcool; 43 por condução sem habilitação legal; 35 por tráfico de estupefacientes; 14 por posse ilegal de arma; Oito por furto; Quatro por permanência ilegal em Território Nacional; Dois por violência doméstica; Um por roubo; Um por posse e venda de espécie protegida.

– Apreensões: 66 doses de heroína; 108 doses de cocaína; 1 533 doses de haxixe; 1 918 gramas de folhas de cannabis; 222 doses de MDMA; 219 plantas de cannabis; 100 sementes de cannabis; 18 armas de fogo; 112 munições de vários calibres; Oito armas brancas; 22 veículos; 2 540 artigos contrafeitos; 2,9 toneladas de bivalves; 17 109 euros em numerário; 37 pintassilgos.

– Trânsito: 8 117 infrações detetadas, destacando-se: 3 413 excessos de velocidade; 351 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 364 relacionadas com tacógrafos; 334 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças; 326 por falta de inspeção periódica obrigatória; 282 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Pin It on Pinterest