Treinador de futsal condenado por abuso sexual de menores

Um treinador de futsal acusado de abuso sexual de menores foi hoje condenado a 10 anos de prisão pelo Tribunal de São João Novo, no Porto.

O suspeito de 65 anos estava em prisão preventiva por suspeitas da autoria de 1.775 crimes de abuso sexual de menores, actos sexuais com adolescente e lenocínio de menor.

Segundo a TVI24, a justiça deu como provado que o arguido de Gondomar abusou sexualmente de quatro rapazes menores, crime cometido entre 2012 e 2016.

Segundo a acusação do processo, o treinador aproveitou-se das suas funções e da relação de confiança que mantinha com os menores para abusar sexualmente deles a troco de dinheiro, tabaco e refeições.

Os crimes foram praticados ao longo de cinco anos em casa do arguido.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger