Militar da GNR atropelado morreu no hospital

O militar da GNR atropelado durante uma operação stop, na quinta-feira, em Pinhal Novo (Palmela), morreu hoje no Hospital. Prestava serviço no Destacamento de Trânsito da GNR de Setúbal.

O cabo de cavalaria, de 43 anos, foi colhido por uma viatura na Estrada Nacional 252, no acesso à A12, e sofreu ferimentos graves, tendo sido internado no Hospital Garcia de Orta.

Segundo a GNR, o condutor envolvido no atropelamento permaneceu no local e foi submetido ao teste de alcoolemia, mas não acusou nada.

O cabo estava em “missão de regularização de trânsito” na sequência de um acidente rodoviário.

Pin It on Pinterest