Presidente da Huawei multa-se por “má gestão”

O fundador e presidente executivo da Huawei, a terceira maior construtora mundial de dispositivos móveis, multou-se a si próprio por “má gestão”. O caso foi divulgado pela Reuters e tem por base um documento interno da tecnológica chinesa.

Ren Zhengfei é o fundador e actual presidente executivo da empresa, a terceira fabricante mundial de smartphones, apenas atrás da Samsung e da Apple.
A circular interna destinava-se apenas aos funcionários e colaboradores da marca e nela Ren Zhengfei cita “casos de falha na qualidade e falsificação de negócios“. O painel de administradores decidiu responsabilizar outros líderes da empresa com uma multa de 63 mil euros.
Este tipo de medidas é frequente na Huawei. Os quadros intermédios e superiores da tecnológica chinesa são frequentemente despromovidos em caso de má gerência, mas quando apresentam bons resultados podem voltar a assumir os seus antigos cargos.

A Huawei foi fundada em 1987 por Ren Zhengfei, um antigo engenheiro e oficial do exército chinês. Actualmente, só na sua sede em Shenzhen, emprega mais de 180 mil colaboradores e funcionários.

Pin It on Pinterest