Putin terá ordenado abate de avião com 110 passageiros

Vladimir Putin terá ordenado, em 2014, que um avião comercial com 110 passageiros a bordo fosse abatido por alegadamente transportar uma bomba. O incidente terá acontecido pouco antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, e foi revelado num documentário sobre o presidente da Rússia.
“Putin” é o título do documentário de duas horas no qual é revelado que o candidato a novo mandato nas eleições de 18 de Março terá mandado abater um avião civil que tinha descolado da Ucrânia e dirigia-se para o estádio de Sochi, onde 40 mil pessoas aguardavam pela cerimónia de abertura dos Jogos de Inverno.
“Disseram-me: foi sequestrado um avião que ia da Ucrânia [de Kharkiv] para Istambul [na Turquia], os piratas do ar exigem aterrar em Sochi”, afirma Putin numa entrevista que integra o filme, ao jornalista Andrey Kondrashov.

Os membros da segurança transmitiram ao presidente russo que numa situação daquelas os procedimentos de emergência implicavam abater o avião. Putin revela ter dado a ordem: “Eu disse-lhes: prossigam de acordo com o plano”.
A ordem seria abortada nos minutos seguintes, depois de receber novo telefonema a informar que se tratava de falso alarme.
O episódio foi confirmado este domingo pelo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, de acordo com a agência Reuters.

Pin It on Pinterest