Hospital Dr. Nélio Mendonça indicado como um Hospital de 2ª linha para o coronavírus

A directora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse, recentemente, que as regiões autónomas são a grande prioridade agora, no sentido de se prepararem para fazer localmente os testes e análises ao novo coronavírus. E que a Direção-Geral da Saúde (DGS) está “a identificar hospitais de segunda linha” de contenção, que serão nos Açores, na Madeira, em Coimbra e no sul do país.

O «Tribuna» questionou a Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil, no caso da Madeira, onde será esse Hospital de segunda linha, ou seja, que esteja preparado com quartos, equipamentos, equipas técnicas e laboratórios, para o caso de ser necessário.

A resposta do Presidente do IASAÚDE, Herberto Jesus, foi a seguinte: «A RAM tem um plano de contingência para a infeção por COVID-2019, no qual estão plasmados todos os aspetos de uma resposta integrada, multisetorial e societal da Região como um todo, e acresce outro aspeto essencial, a capacidade laboratorial local para o diagnóstico final, em estreita colaboração com o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge. Perante estas evidências a Direção-Geral da Saúde indicou o Hospital Dr. Nélio Mendonça como um Hospital de 2ª linha no espectro dos Hospitais Nacionais.

De referir, esta matéria foi publicada nesta edição em papel do Semanário. Porém, a resposta só chegou à redação após o fecho de edição.

Pin It on Pinterest