Prémio Escrita MiratecArts abre concurso a novas vozes açorianas

O Prémio Escrita MiratecArts já conseguiu 6 vencedores e agora está de volta para a sétima edição. A associação aceita trabalhos até 30 de janeiro 2021, sob o tema “Whalewatching, baleeiros, baleação, baleias”, enquadrando assim no programa da Década do Oceano, já anunciada.

Escritores açorianos e escritores a viver nos Açores têm, assim, uma oportunidade para mostrarem os seus talentos neste concurso MiratecArts que oferece prémios aos vencedores, incluindo publicação da obra vencedora, numa coletânea, e ainda uma participação de destaque numa futura edição do Azores Fringe no Encontro Pedras Negras (inclui viagem inter-ilhas e 2 noites de estadia para participar em cada programa).

Qualquer forma de escrita, da poesia à prosa, é aceite. O texto a concurso deve ser original e ainda não publicado em qualquer meio, incluindo blog.

A organização estabelece como condições de participação que o concorrente seja residente nos Açores, ou açoriano de nascença, e que seja maior de 16 anos de idade, inscrito na plataforma www.discoverazores.eu e que não tenha vencido o Prémio Escrita MiratecArts; o texto deverá possuir um mínimo de 500 e um máximo de 20 mil caracteres, sendo que o trabalho deverá ser apresentado em formato Word. O trabalho concorrente deverá estar subordinado ao tema da forma que o artista entender.

Os trabalhos serão aceites através do email: info@mirateca.com até ao dia 30 de janeiro 2021, sendo que a mensagem de inscrição no concurso deverá incluir: nome, telefone e uma frase respondendo à questão: “Porque participa neste projeto?”. O documento do texto não deve ser identificado com o nome do autor. Os finalistas serão contatados no verão 2021 e apenas o/a vencedor/a do prémio será anunciado/a em público como vencedor/a do Prémio Escrita MiratecArts 2021.

“Esta é a sétima vez que lançamos o Prémio Escrita, que teve início como parte da plataforma DiscoverAzores” explica Terry Costa, o diretor artístico da associação MiratecArts. Os vencedores das edições anteriores foram Pedro Paulo Câmara, Almeida Maia, Nuno Rafael Costa, Carolina Cordeiro, Carla Lima e Diana Zimbron, uma nova geração de açorianos com várias obras publicadas.

A plataforma DiscoverAzores – Descobrir Açores com artistas, lançada em 2012 pela associação MiratecArts, inclui mais de 660 artistas de todas as ilhas dos Açores, abrangendo as várias áreas artísticas. O projeto desenvolve oportunidades e divulga artistas açorianos, promovendo, assim, também, a região. Entre as diversas atividades inclui-se o festival de artes internacional – Azores Fringe, que acontece este ano online a partir de 29 de Maio.

Pin It on Pinterest