22 mil madeirenses sofrem da diabetes

22 mil madeirenses têm diabetes, ou seja, 10,9% da população da Região sofre desta patologia.

 Cerca de 22 mil madeirenses sofrem da diabetes, uma doença crónica, que já é considerada pela Federação Internacional da Diabetes (FID) “a praga do século XXI”. O número foi avançado esta manhã, pelo endocrinologista, Silvestre Abreu, no salão nobre da autarquia do Funchal, numa iniciativa no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Diabetes que se assinala hoje um pouco por todo o mundo.

Na ocasião, Silvestre Abreu frisou que um estudo de 2009, do qual a Madeira também participou, revelou que 10,9% dos madeirenses tem diabetes, um número preocupante, no entender do médico, que apelou à mudança nos hábitos alimentares e à prática regular de actividade física.

O endocrinologista adiantou ainda que, actualmente, 336 milhões de pessoas em todo o mundo, sofre da diabetes um número que tende a aumentar e que em 2020 poderá atingir os 558 milhões.

Silvestre Abreu chamou ainda a atenção para o facto do números de portadores da diabetes ser cada vez mais alto, “no ano passado a FID previa que este ano haveria 246 milhões de diabéticos em todo o mundo, no entanto, o número já ultrapassou os 336 milhões”, alertou, sublinhando que 8,3% da população mundial tem diabetes e que 12,3% da população portuguesa, entre os 20 e os 79 anos, é diabética.

O médico considera que esta “praga” só pode ser combatida com uma mudança de hábitos alimentares e com a prática de actividade física, daí insistir tanto na prevenção da doença, “se uma pessoa for educada para os bons hábitos alimentares e para a prática regular da actividade física vai conseguir prevenir a doença”, afirmou.

À semelhança de anos a Câmara Municipal do Funchal associou-se às comemorações do Dia Mundial da Diabetes, sendo que até ao próximo domingo a Praça do Município estará iluminada de azul, um acto simbólico, que pretende sensibilizar a população para o problema da diabetes. Ao Funchal juntam-se à iniciativa as autarquias de Câmara de Lobos, São Vicente, Santana, Santa Cruz e pela primeira vez Machico.

[twitter style=”vertical” float=”left”]

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest