Mesa de Hotelaria da ACIF discorda da Greve

A Mesa da Hotelaria da ACIF discorda da Greve Geral de 24 de Novembro.

A Mesa de Hotelaria da ACIF – Associação Comercial e Industrial do Funchal não concorda com a Greve Geral, convocada para o dia 24 de novembro. “A Mesa de Hotelaria vem manifestar a sua discordância com esta forma de protesto, apesar de reconhecer que a greve é um direito legítimo dos trabalhadores, pois a mesma irá penalizar ainda mais as debilidades do nosso tecido económico”.

No comunicado enviado às redações, a Mesa de Hotelaria considera ainda que esta maneira de demonstrar o desagrado face a esta situação não resolverá o problema e agravará ainda mais o “coma” profundo em que o Turismo se encontra.

“O setor será fortemente afetado, com cancelamentos e óbvios transtornos para quem escolheu o nosso destino (para além das esperadas decisões de não viajar, que não conseguimos quantificar)”.

Pelas razões anteriormente apresentadas, a Mesa de Hotelaria apela a uma reflexão por parte de todos sobre esta situação gravosa, nunca antes vivida, “que não se coaduna com este tipo de ação que terá repercussões gravosas para todos, incluindo empresários e trabalhadores”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest