Portugueses atentos à campanha AORTA É VIDA

Os portugueses já reconhecem a importância do diagnóstico precoce do aneurisma da aorta abdominal.

Dois anos depois do lançamento da campanha AORTA É VIDA, os portugueses já reconhecem a importância do diagnóstico precoce do aneurisma da aorta abdominal (AAA), doença que dá mote a esta iniciativa nacional. Prova disso são as mais de 600 pessoas que efetuaram os rastreios em iniciativas da campanha AORTA É VIDA durante o último ano.

Ao longo destes dois anos, mais de 600 pessoas que efetuaram os rastreios e foram muitas as iniciativas realizadas de Norte a Sul do país, não esquecendo as ilhas. No total, foram realizadas 34 palestras informativas em universidades seniores que contaram com a participação de cerca de 3500 pessoas.

“Outro dos objetivos da campanha passa pela realização de ações de formação clínica para os médicos de medicina geral e familiar, alertando para a importância de um diagnóstico precoce desta doença. Até ao momento, mais de 50 centros de saúde foram sensibilizados para o AAA e mais de 500 médicos de médicos de clínica geral e familiar estão agora mais esclarecidos sobre esta patologia”, revela o Coordenador Nacional da campanha AORTA É VIDA.

Acrescente-se que, em simultâneo com estas ações, decorre a petição para a institucionalização do Dia Nacional do Aneurisma da Aorta Abdominal.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest