PS pede intervenção do Presidente da República

Os socialistas pedem a intervenção de Cavaco, para impedir a dupla austeridade para os madeirenses.

O Partido Socialista da Madeira (PS/M) vai enviar, ainda hoje, uma carta ao Presidente da República, Cavaco Silva. Victor Freitas explicou que o governante pode intervir na questão do plano de resgate financeiro.

“A dupla austeridade mata a economia e a dinâmica da sociedade madeirense. Só o senhor Presidente da República pode travar as injustiças e o caminho da Madeira para um descalabro económico e social”.

Também ao Governo da República foi solicitado um maior espírito de solidariedade para com os madeirenses e portossantenses. “A Madeira não tem condições económicas e financeiras para fazer face a esta dívida. Era necessário, da parte do Estado, solidariedade para com o povo da Região Autónoma da Madeira. A Madeira não é o Dr. Alberto João Jardim”.

O socialista acrescentou, durante a conferência de imprensa, que a “carta de intenções” enviada ao Governo da República é apenas o início dos sacrifícios. “As medidas de austeridade ontem apresentadas não são a totalidade das medidas. Em Janeiro e nos anos seguintes haverão muitas mais”.

Victor Freitas pediu, como tal, um debate de urgência, na Assembleia Legislativa da Madeira, sobre o ajustamento das contas regionais e as imposições anunciadas, bem como um estudo para avaliar o impacto das mesmas no tecido social e empresarial.

O caminho que agora se segue é consequência das mentiras proferidas pelo Governo Regional durante 30 anos de governação e, mais recentemente, na campanha para as eleições regionais de 9 de Outubro.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]


PUB