Profissionais de táxi em desespero [VÍDEO]

A AITRAM não recebeu qualquer resposta das entidades regionais e hoje voltou a organizar uma ação de protesto.

taxiA Associação dos Industriais de Táxi da Região Autónoma da Madeira (AITRAM) promoveu hoje mais uma ação de protesto contra a concorrência desleal que existe no setor e contra a inércia das entidades competentes ao nível do licenciamento e da fiscalização de novas empresas.

Na Praça do Mar, a exemplo do que aconteceu na semana passada, juntaram-se profissionais de táxi de toda a ilha, assim como familiares e amigos dos mesmos. António Loreto, presidente da AITRAM, criticou o facto da Câmara Municipal do Funchal, da Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes e do Governo Regional não terem dado resposta às reivindicações.

Nesta concentração também se fizeram ouvir algumas vozes contrárias à atual direção da Associação, que foi acusada de interesses partidários e de não defender os seus associados. A situação gerou algum bate boca entre os presentes.

A PSP esteve a acompanhar a ação e não deixou de fiscalizar os autocarros de turismo que pararam junto à Praça do Mar. Referir que na semana passada, naquele mesmo local, um autocarro de turismo foi autuado por falta de inspeção e por ter “pneus carecas”, mas, segundo António Loreto, “no dia seguinte já se encontrava a efetuar serviço”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest