Portugal eleito para o Conselho Executivo da UNESCO

“Saúdo a eleição de Portugal para o Conselho Executivo da UNESCO, órgão responsável pela execução das decisões daquela agência das Nações Unidas, mais um êxito da diplomacia portuguesa.

Portugal é um Estado-membro ativo e empenhado nas atividades desta organização que promove os valores das Nações Unidas nas áreas da educação, da cultura e da ciência, bem como a memória do Mundo.

É também conhecida a riqueza de Portugal em termos de bens classificados como bens de património mundial. Ainda recentemente foram incluídas na Rede de Cidades Criativas da UNESCO as cidades portuguesas de Amarante – Cidade Criativa da Música, Barcelos – Cidade Criativa do Artesanato e Artes Populares e Braga – Cidade Criativa das Artes e Media.

Com esta eleição para o Conselho Executivo da UNESCO, Portugal poderá projetar ainda melhor a sua imagem a nível internacional e assegurar uma capacidade de intervenção acrescida na plataforma multilateral tão relevante que é a UNESCO.

Marcelo Rebelo de Sousa”

 


PUB