Nas bancas a edição 1182 do Tribuna da Madeira

“O povo do Funchal está a ser expulso da cidade”

Herlanda Amado afirma que se torna “pertinente colocar o direito à cidade como objetivo de uma nova ação política”. Esta afirmação da deputada municipal da CDU decorreu na iniciativa “Pelo Direito à Cidade”, cuja intervenção política decorrerá em duas fases. Garante que denunciará “toda a estratégia dos governantes” assim como apontará “linhas estratégicas para uma política alternativa”.

 

Corrupção “é um cancro” da Sociedade

O MPT-Madeira fez um inquérito à população. Segundo comunicado do partido, enviado à redação, esta quarta-feira, pelo coordenador Valter Rodrigues, «nesse inquérito havia uma pergunta de resposta aberta (i.e., o inquirido poderia responder o que lhe aprouvesse não existindo resposta pré-formatada). A pergunta foi a seguinte: “Qual é o maior problema do Governo Regional?”. 54% dos inquiridos respondeu que o maior problema do Governo Regional é a corrupção (e crimes conexos)».

 

Objetivo “é se divertir”

Emma Falcon estreia-se no Rali Vinho da Madeira que está na rua de 4 a 6 de agosto. A vitória desta que é considerada a ‘prova rainha’ madeirense está nas expetativas de Miguel Nunes, Alexandre Camacho e Bernardo Sousa.

 

Queixa ao Ministério Público

Em causa está o Processo de Avaliação Ambiental do Sistema de Teleféricos de Curral das Freiras e Parque Aventura.

 

Procurador João Luís Gonçalves assume cargo em Lisboa

O madeirense João Luís Gonçalves foi promovido a Procurador-Geral Regional de Lisboa, assumindo assim funções no Tribunal Central Administrativo. Trata-se de um cargo que tem diversas variações. A tomada de posse está agendada para setembro próximo. O Procurador vai exercer funções no Tribunal Central Administrativo, que também é uma área que já conhecia. “Comecei cá no Funchal no Tribunal Administrativo e Fiscal, portanto é uma matéria que eu já conheço. É um tribunal de recursos, portanto, penso que me vou dar bem”, refere.

 

Casas do Povo com “novos desafios e projectos”

Instituições têm sido acusadas de serem ‘braços-armados’ do PSD-M. A equiparação das Casas do Povo a Instituições Particulares de Solidariedade Social começou a suscitar “preocupações” em 2017, quando a Assembleia Legislativa da Madeira adaptou o decreto-lei vindo da Assembleia da República. Para os partidos da oposição, seria uma forma de “instrumentalização” por parte do Governo Regional. Rui Barreto, actual secretário da Economia no executivo de coligação PSD/CDS, foi um dos críticos.

 

Preço das casas para arrendar subiu na Madeira

Os preços das casas para arrendar na Região Autónoma da Madeira apresentaram uma subida em maio de 5,1% face ao mês anterior. Segundo o índice de preços do idealista, arrendar casa tinha um custo de 10,9 euros por metro quadrado (euros/m2) no final do mês de julho deste ano, tendo em conta o valor mediano. Já em relação à variação trimestral, a subida foi de 15%.

 

CDS/PP quer conhecer “contornos” da ARM

Reivindicações dos trabalhadores foram descartadas devido a falta de verbas. Os trabalhadores da ARM, reunidos em plenário a 19 e 20 de Julho, decidiram mandatar a comissão sindical e o sindicato para convocar “acções de luta adequadas” à defesa das suas “justas reivindicações”. Uma delas passava por reuniões com os partidos representados na Assembleia Legislativa. O CDS/PP, que governa em coligação com o PSD, quer conhecer a actual situação financeira da empresa pública e “perspectivar” uma “solução futura”.

 

“Segurança” dos trilhos da Região

Sérgio Gonçalves afirma: “É fundamental atualizar a legislação, que já não é adaptada há cerca de 20 anos.”

 

“Mail Art 4 Seniors” desenvolve oficinas com Diogo Goes

O artista plástico madeirense Diogo Goes irá desenvolver, nos próximos dias 5, 12, 19 e 26 de agosto, um conjunto de atividades de expressão plástica debruçando-se sobre as práticas de “Mail Art”. A iniciativa dirigida a seniores, utentes do Centro de São José, em Câmara de Lobos, insere-se no projeto europeu “Mail Art 4 Seniors”, co-financiado pelo Programa Erasmus +, que conta com a coordenação regional da Associação Cultural e de Solidariedade Social Raquel Lombardi.


Adquira o Semanário Tribuna da Madeira em formato (PDF). Informação independente por apenas 2 €. assinaturas@tribunadamadeira.pt ou na loja online



PUB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *