Social-democratas alertam para “discriminações permanentes”

O Conselho Regional exprime a necessidade da aprovação no próximo mês, do Orçamento Regional para 2015.

psddO Conselho Regional da Madeira do Partido Social Democrata reuniu esta manhã e chegou a várias resoluções, entre as quais a necessidade de denunciar aos Portugueses a hipocrisia das direcções nacionais dos partidos representados na Assembleia da República. ​”Todos estes partidos falam de “reformas” e de “mudanças”. Porém, num conservadorismo situacionista, protector dos variados “interesses” instalados através desses partidos, foi recusada requer  a apreciação do projecto de revisão constitucional apresentado pelos Deputados sociais-democratas pela Madeira”.

O PSD lembrou que as propostas da Madeira visam mudar o País neste momento tão difícil e sem Esperança, apontando um futuro possível aos Portugueses e afrontando as clientelas partidárias à mesa do regime político, bem como os “interesses” instalados, alguns ocultos a violar a transparência democrática que se exige.

O Conselho manifestou ainda apoio ao Governo Regional nas negociações que correm com a República, no sentido de permitir a liberdade de circulação entre a Madeira e o Continente, liberdade de circulação que só existe de facto quando vigoram preços de viagem socialmente adequados.

 «​O Conselho Regional do PSD/Madeira alerta a Opinião Pública para as mentiras que, a propósito desta matéria e a pretexto deturpado dos Açores, comunicação social sobejamente identificada com agressões ao nosso Partido, anda a divulgar. ​O PSD/Madeira está inteirado das discriminações permanentes, históricas e actuais do Estado português em favor dos Açores. Pelo que está disposto a tudo, caso as políticas da República Portuguesa persistam nessa orientação».

Das declarações proferidas esta manhã, fica ainda a necessidade da aprovação no próximo mês, do Orçamento Regional para 2015, imprescindível para o irrecusável aproveitamento dos Fundos Europeus disponíveis no próximo ano, assim como para a não interrupção das iniciativas em curso que vêm permitindo a descida do desemprego. ​”É fundamental para a conclusão da boa execução do PAEF, cujo sucesso por todos reconhecido é que facultará as novas e necessárias capacidades de negociação à Região Autónoma, no período que se lhe segue”.

O Conselho Regional da Madeira do Partido Social Democrata, neste final de mandato dos actuais Órgãos partidários, faz votos para que, no futuro, os Órgãos que venham sendo eleitos demonstrem a capacidade de sucesso dos que, nos últimos quarenta anos, nos seus postos, serviram a Madeira e o Partido. «​Mais deseja que, rapidamente, refaçam a unidade sólida que até há pouco caracterizava o PSD/Madeira».

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest