CMF licencia 130 espaços de venda na Noite do Mercado [VÍDEO]

“Dependemos obviamente de um suporte de diversas entidades que ajudam a que a Noite do Mercado seja um sucesso”, disse Paulo Cafôfo.

IMG_2214A Câmara Municipal do Funchal apresentou hoje o programa da Noite do Mercado 2014. O evento, que se realiza a 23 de dezembro, leva milhares de pessoas ao concelho e ajuda a dinamizar o comércio local. Paulo Cafôfo, presidente da autarquia, anunciou que foram licenciados 130 lugares de venda e agradeceu a participação de várias entidades.

“Dependemos obviamente de um suporte de diversas entidades que ajudam a que a Noite do Mercado seja um sucesso e que as pessoas se divirtam em segurança e com as condições para uma grande noite de festa”, disse, sublinhando que a Noite do Mercado é “uma das maiores festas da Madeira”.

A Rua Latino Coelho e a Rua da Boa Viagem estarão encerradas ao trânsito no dia 21, a partir das 22h, por forma a que os vendedores de fruta possam instalar as barracas, e no dia 23 as alterações ao trânsito efetivar-se-ão em todas as ruas circundantes ao Mercado dos Lavradores. Razão pela qual o autarca aconselha a utilização dos transportes públicos. “Apelamos a toda a população do Funchal e da Região Autónoma da Madeira que use os transportes públicos”, que serão reforçados pela empresa Horários do Funchal.

A questão da segurança é outra das preocupações da autarquia, sendo que na noite de 23 de dezembro a manutenção da ordem pública e os meios de socorro serão assegurados pela PSP, pelos Bombeiros Municipais do Funchal, pelos Bombeiros Voluntários Madeirenses e pela Cruz Vermelha Portuguesa. Registe-se, ainda, que os parques de estacionamento geridos pela câmara estarão abertos toda a noite e a preços “bastante acessíveis”.

Outra das novidades prende-se com os copos reutilizáveis. Uma medida que, disse Paulo Cafôfo, contribuirá em muito para a redução do lixo recolhido. 140 elementos ligados ao Departamento do Ambiente vão assegurar as limpezas. “O investimento no copo é simbólico, apenas 50 cêntimos, e pensamos que é um investimento numa festa que também tem de diferenciar-se pela postura das pessoas e pelas questões ambientais”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest