Taxa de juro e prestação média dos créditos à habitação mantêm queda

De acordo com dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística.

A taxa de juro implícita no crédito à habitação, registou novo decréscimo em janeiro fixando-se em 1,340%. Trata-se do o valor mínimo desde janeiro de 2009
Segundo o Instituto Nacional de Estatística, quando comparado com o mês anterior (dezembro), foi registado um decréscimo de 0,044 pontos percentuais.
moPara os contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita passou de 2,997% em dezembro 2014 para 2,979% em janeiro 2015.
No destino de financiamento “Aquisição de Habitação”, a taxa de juro situou-se em 1,346% e em 2,921%, para o conjunto de todos os contratos e os celebrados nos últimos 3 meses (1,379% e 3,016% em dezembro), respetivamente.
O valor médio da prestação vencida, para o conjunto dos contratos de crédito à habitação, diminuiu 1 euro face a dezembro, fixando-se em 242 euros.
Para os contratos celebrados nos últimos 3 meses, o valor médio da prestação foi 325 euros (334 euros no mês anterior).

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest