Mãe de Angélico Vieira condenada a pagar dois milhões de euros

O Tribunal de Aveiro condenou Filomena Angélico, mãe do cantor Angélico Vieira, a pagar uma indemnização de dois milhões de euros a Armanda Leite, passageira que seguia no BMW conduzido por Angélico Vieira quando este se despistou na A1, em 2011. A notícia é avançada pelo JN, que cita o advogado da empresa que vendeu o BMW ao artista.

De acordo com o JN, a indemnização poderá ascender aos cinco milhões de euros, já que Filomena Angélico, herdeira do filho, terá também de assumir o pagamento de um valor mensal a Armanda leite, que ficou com um grau de incapacidade superior a 90%. O tribunal deu como provado que a culpa foi do condutor, que seguia a 200 KM/h quando rebentou um pneu do automóvel.

Pin It on Pinterest