Meios militares de prevenção para a chegada do furacão Lorenzo

O Comando Operacional dos Açores implementou o estado de alerta Laranja (prontidão de duas horas) dos meios militares sediados na Região Autónoma dos Açores, desde as 16h00 desta terça-feira, na sequência da ativação do Plano Regional de Emergência de Proteção Civil dos Açores, decorrente da passagem do Furação LORENZO. A prontidão destes meios passará a imediata (estado de alerta vermelho) entre a meia-noite e as 16h00 de amanhã, dia 2 de outubro de 2019.

Como medidas preventivas adicionais, o navio patrulha “Setúbal”, da Marinha, foi posicionado no Grupo Central do Arquipélago (Ilha Terceira), a fim de garantir uma resposta mais rápida a uma eventual necessidade e o dispositivo da Base Aérea n.º 4, da Força Aérea, foi reforçado com uma tripulação de Helicóptero EH101.

O furacão Lorenzo deve começar a atingir o Grupo Ocidental dos Açores (Flores e Corvo) a partir da meia-noite; e o Grupo Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Faial e Pico) a partir das três da manhã — horas locais. Esta é a previsão meteorológica que a Proteção Civil dos Açores está a seguir.

Atualmente, Lorenzo está na categoria 2 da escala Saffir-Simpson, mas deverá passar com categoria 1 a oeste da ilha das Flores esta quarta-feira, mantendo-se a previsão de que afetará todo o arquipélago dos Açores.

Apesar de perder intensidade, as ilhas estão a preparar-se para o pior e as escolas e as creches serão encerradas na quarta-feira. Há voos suspensos e os portos vão encerrar esta noite. Espera-se chuva forte, ondas de 15 a 20 metros e rajadas de vento que podem ultrapassar os 200 quilómetros por hora.

Informação especial
De acordo com o comunicado do IPMA, válido entre 2019-10-01 20:52:00 e 2019-10-02 10:00:00,
Assunto: FURACÃO LORENZO – AÇORES – COMUNICADO Nº9
Hoje, às 18:00 UTC (01 de Outubro), o furacão Lorenzo – categoria 2 na escala de Saffir-Simpson*, encontrava-se a aproximadamente 620 km a sudoeste da ilha das Flores, deslocando-se para nordeste a uma velocidade de 41 km/h.
Mantendo-se as previsões da trajectória o centro do furacão deverá passar com categoria 1, na próxima madrugada (dia 2 de Outubro), a aproximadamente 100 km a oeste das Flores afetando especialmente o grupo Ocidental. Contudo, todo o arquipélago sentirá efeitos do furacão Lorenzo. Desta forma, prevê-se:

Grupo Ocidental – vento sueste rodando para noroeste com rajadas na ordem dos 190 km/h (com uma probabilidade de 40% de a rajada máxima ser superior a 200 km/h), chuva por vezes FORTE e ondas de sul passando a sudoeste com altura significativa entre 10 a 15 metros, podendo a altura máxima de onda atingir os 25 metros.

Grupo Central- vento sudoeste com rajadas até 160 km/h, períodos de chuva e ondas de sudoeste passando a oeste com altura significativa entre 9 a 12 metros, podendo a altura máxima de onda atingir os 22 metros.

Grupo Oriental- vento sul rodando para oeste com rajadas até 100 km/h, períodos de chuva e ondas de sudoeste com altura significativa 7 a 9 metros.

(Novo comunicado será emitido dia 02 de outubro às 10h00 (Hora local dos Açores)).

Pin It on Pinterest