Medalhão do século XIV em exposição no Solar do Ribeirinho

Uma peça decorativa do quotidiano senhorial da Idade Média encontra-se, a partir de hoje, exposta no Núcleo Museológico de Machico.

Trata-se de um medalhão de cobre, tendencialmente circular, do século XIV, que se destinava a enfeitar os arreios dos cavalos ou mesmo “alguns especiais” cães de caça.

A referida peça pertence a um colecionador privado madeirense e, embora não seja possível determinar a sua origem, sabe-se que foi adquirida a um vendedor de “ferro-velho” de Santarém, nos meados da década de sessenta do século passado, o qual informou que seria proveniente de um achado ocasional em campos agrícolas da zona.

Esta peça, que pertenceu a um nobre, provém do final da idade média / início da época moderna, mas não temos uma origem direta da peça. Faz-se referência que ela também esteja ligada à batalha de Aljubarrota, mas são estudos que poderemos aprofundar no futuro”, apontou Isabel Gouveia, adiantando que é provável que o Núcleo Museológico de Machico proceda a um estudo mais aprofundado para saber o período do medalhão.

Aquela responsável destacou também que o medalhão de cobre vem enriquecer o espaço das exposições temporárias do Núcleo Museológico de Machico, que doravante passará a apresentar ao público as peças que fazem parte da política de aquisições e doações.

Isabel Gouveia salientou, ainda, que a referida exposição, patente ao público até início de Março de 2012, está inserida nas comemorações de Machico Município da Cultura, que encerram no final do presente mês. “Expor uma peça valiosa desta natureza é fechar com chave de ouro as comemorações do Município da Cultura”, realçou.

Registe-e que uma peça semelhante, mas em prata, foi exibida, em 1983, no núcleo da Torre de Belém, no âmbito da “XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]


PUB