Mercado russo cresce 50% por ano

Secretaria do Turismo aposta num mercado com elevado poder de compra.

O espaço Infoarte, da Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes, acolhe desde hoje, e até 31 de Dezembro, a exposição “As estações russas na Madeira”. A iniciativa insere-se na programação das Festas de Natal e Fim de Ano 2011.

Bruno Freitas, director regional do Turismo, observou que o mercado russo cresce a uma média de 50% por ano. E, por isso, todo o interesse das entidades regionais em cativar este mercado.

“É um mercado que tem assistido nos últimos anos a um grande crescimento. Falamos de cerca de 10 mil turistas por ano, num universo de mais de 5 milhões de residentes”. Facto consubstanciado também com as ligações aéreas que existem para Lisboa.

Sobre a exposição “Estações russas na Madeira”, em concreto, disse ser uma oportunidade única para conhecer peças de conceituados artistas russos.

As obras em causa pertencem à colecção privada de Inna Kologrivova. A russa que passou férias na Região Autónoma da Madeira, há três anos atrás, escolheu a ilha para viver com a família. O clima, a qualidade de vida e a amabilidade do povo madeirense foram cruciais no momento de escolha.

Inna Kologrivova disse ainda que o espólio, agora em exposição, é apenas uma parte da sua colecção. E, por isso, a intenção de que a Secretaria Regional do Turismo volte a ceder o espaço, “para que a população da Madeira possa conhecer um pouco mais da Rússia e dos seus costumes”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]


PUB