Espetáculo pirotécnico ‘promete’ encantar

Faltam poucas horas para o início do grandioso espetáculo de fogo-de-artifício, o qual constitui um dos principais cartazes turístico da Região.

“Um Povo, uma Cultura, uma Região” é como se intitula o espetáculo pirotécnico que marcará o início do novo ano na Madeira. O referido evento, da responsabilidade do consórcio Pyrofel/HC e Filhos, terá inicio às ‘doze badaladas’ do dia 1 de Janeiro, perspetivando-se que tenha uma duração de cerca de oito minutos.

No seu total vão ser disparadas 19 toneladas de fogo-de-artifício (38.436 disparos), o qual ficará estrategicamente distribuído por 39 postos de lançamento, designadamente: no anfiteatro do Funchal (25); orla marítima e baixa da cidade (8); e no mar (6).

“Será um espetáculo bastante intenso, com coreografias inovadoras, muito acústico, com uma conjugação de todas as cores, multicolor, mas todo ele harmonioso e coerente, aproveitando o cenário do anfiteatro, orla marítima e o mar”, realçou Marco Costa, administrador da HC e Filhos.

Com efeito, o espetáculo pirotécnico na cidade do Funchal é um dos pontos altos do cartaz turístico das Festas de Natal e Fim-de-Ano da Madeira, o qual traz a esta ilha milhares de visitantes.

Recorde-se que o referido espetáculo não deixa ninguém indiferente, uma vez que a luz, as cores e o som do fogo-de-artifício tornam o evento num dos maiores espetáculos a nível mundial.

Aliás, o referido evento está, desde 2006, no Livro de Recordes do Guinness como o maior espetáculo pirotécnico do Mundo, feito ainda não suplantado até aos dias de hoje.

Refira-se ainda que milhares de pessoas vão assistir ao fogo-de-artifício a bordo dos oito cruzeiros que são esperados esta noite.

O consórcio Pyrofel/HC e Filhos – empresas sediadas em Marco de Canavezes e em Leiria respetivamente – é também responsável pelo espetáculo pirotécnico na ilha do Porto Santo, que terá também a duração de oito minutos, a partir de um posto colocado na Portela.

Mas para que a festa seja festejada em grande, a animação terá inicio pelas 21h00 na Praça do Mar. Na ocasião, o público poderá dar “uns passos de dança” ao som da Orquestra Ligeira da Madeira. O referido evento só terminará por volta das 04h00 da madrugada.

Para além daquele local, as pessoas poderão divertir-se, até ao nascer dos primeiros raios de sol, nas discotecas, bares, hotéis e em diversas festas particulares.

Refira-se que a taxa de ocupação hoteleira para o Fim-de-Ano ronda os 70%, percentagem inferior à dos anos anteriores que oscilava entre os 90 e os 100%.

No presente ano, o Governo Regional investiu 3,5 milhões de euros no programa das Festas de Natal e Ano Novo, sendo que cerca de 736 mil euros são destinados ao espetáculo de fogo de artifício.

Segundo já referiu a secretária responsável pela pasta do Turismo, Conceição Estudante, o referido montante “representou uma poupança de 33% relativamente ao valor final de 2010, devido às reduções nos contratos para a iluminação e fogo de artifício”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest