CDS apela a ANF para adiar suspensão

José Manuel Rodrigues apela ao ANF para adiar a suspensão da comparticipação de medicamentos.

O líder regional do CDS, José Manuel Rodrigues apela à compreensão da Associação Nacional de Farmácias (ANF) para adiar por mais alguns dias a suspensão das comparticipações dos medicamentos aos utentes da Região. Em comunicado o deputado centrista admite “a irresponsabilidade do Governo Regional”, no entanto, refere que os madeirenses não podem ser prejudicados por uma irresponsabilidade do executivo.

Mais uma vez, a irresponsabilidade do Governo Regional prejudica todos os madeirenses. Mais uma vez, o Governo Regional não cumpre a sua palavra e os contratos que assina e quem ficará altamente penalizado é o povo da Madeira, que poderá ficar sem acesso a um direito básico, ou seja, a comparticipação dos medicamentos e, em última análise, ao direito a uma saúde de qualidade”, apontou.
S
em ilibar o Governo Regional, que terá de prestar contas ao supremo juiz que é o povo madeirense sobre este e outros actos de gestão que a todos causaram dano, José Manuel Rodrigues apela à ANF para adiar a decisão tomada hoje alegando que o atraso se deve a assinatura do plano de resgate financeiro a Madeira. O parlamentar centrista refere no comunicado que a assinatura do plano de resgate “permitirá a injecção de verbas que, a serem responsavelmente geridas, permitirão o cumprimento do plano de pagamentos negociado”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest