Expropriados aguardam indemnizações

O CDS quer que Jardim diga na inauguração da Ponte da Fajã da Ribeira quando é que os expropriados receberão as devidas indemnizações.

O vereador do CDS/PP na autarquia da Ribeira Brava, Rafael Sousa, enalteceu o facto da obra de construção da ponte do sítio da Fajã da Ribeira, no concelho da Ribeira Brava, já estar concluída. Trata-se de uma zona que foi fortemente afetada pelo temporal de 20 de Fevereiro de 2010.

Ao fim de dois anos, a obra está concluída e pronta a inaugurar. Ficamos felizes pela população da Fajã da Ribeira por esta ponte estar concluída”, frisou Rafael Sousa.

No entanto, o vereador centrista questiona se o presidente do Governo Regional irá aproveitar a cerimónia de inauguração da ponte “para dizer aos proprietários expropriados quando é que receberão a devida indemnização”.

Rafael Sousa afirma que muitos expropriados ficaram sem os seus terrenos, estando por isso impossibilitados de aproveitá-los para a agricultura. “Ficar sem o terreno, sem a possibilidade de fazer agricultura e sem a indemnização é muito grave para a economia familiar”, concluiu.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest