TAP muda-se para o Terminal 2 do Aeroporto de Heathrow

TAP opera 54 voos por semana entre Lisboa e Londres.

 A TAP muda-se para o novo Terminal 2 do Aeroporto de Heathrow em Londres, no qual começa a operar já amanhã. A companhia passa assim a oferecer melhores condições de assistência aos seus passageiros numa nova estrutura, moderna e sofisticada, planeada e construída de raiz para acomodar num único local todas as companhias da Star Alliance, que a TAP integra, estando apta a proporcionar uma experiência de viagem de superior qualidade e também as mais rápidas e cómodas ligações aos passageiros em transferência para voos de outras parceiras da aliança.

Toda a operação da TAP em Heathrow transita para as novas instalações do Terminal 2, incluindo o check-in, embarque e lounges para passageiros, com as várias companhias agrupadas por zonas e os balcões de check-in da TAP na zona D.

A construção do novo terminal, um projeto com autoria e condução do arquiteto Luis Vidal, prima pela luminosidade, modernidade e amplidão de espaços, e baseou-se no conceito de self / commom check-in, que se traduz em maior autonomia e facilidade para os viajantes, que usufruem também de áreas próprias para trabalhar, relaxar e desfrutar de vários lounges, restaurantes e outros serviços. 

Todos os passageiros (à exceção dos Gold e de classe Executiva) devem fazer o check-in em quiosques automáticos, etiquetar a sua própria bagagem e de seguida dirigir-se aos balcões de drop off para depositar a mesma, estando igualmente disponíveis balcões para passageiros com necessidade de assistência especial.  

tap01Neste momento, a TAP opera 54 voos por semana entre Lisboa e Londres, dos quais 44 para Heathrow e os restantes 10 para Gatwick. A somar a estes, a companhia realiza 14 voos semanais à partida do Porto para Londres – Gatwick, e mais sete frequências à saída do Funchal (para Gatwick no verão e Heathrow no inverno).

O Queen’s Terminal, também designado como a nova “casa” da Star Alliance em Heathrow, começou a funcionar no início de junho e foi oficialmente inaugurado pela Rainha Isabel II no dia 23 desse mês. Desde a abertura até agora, a transição das várias companhias para o novo terminal tem-se processado de forma gradual e faseada, com vista a permitir que a mudança seja efetuada tão comodamente quanto possível  para os respetivos passageiros, representando no conjunto mais de 20% do tráfego total movimentado nesse aeroporto londrino. 

Com a passagem da TAP, e juntamente com ela a Air New Zealand, a Asiana e a South African, fica concluído o programa de mudança no dia 22 deste mês, ficando agora reunidas num mesmo espaço todas as companhias aéreas (23 neste momento) que servem o único hub da Star Alliance no Reino Unido, com consideráveis facilidades e benefícios para os respetivos clientes (excetua-se apenas a Air India, o mais recente membro da aliança, cuja transição é previsível no futuro).

[twitter style=”vertical” float=”left”]   [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]    [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest