Jardim ainda não decidiu se vai ao congresso regional do PSD [VÍDEO]

O líder regional lembrou ainda que os partidos precisam de financiamento público.

IMG_2592À margem do Cantar dos Reis na Quinta Vigia pelos alunos e professores do Colégio Princesa D. Maria Amélia, o presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, disse que ainda não decidiu se vai ou não participar no congresso regional do PSD, que decorre no fim de semana.

No entanto, acrescentou, tem toda a legitimidade para tal uma vez que é membro por inerência na qualidade de membro do Governo. «Há dois tipos de intervenções no congresso: há os que são convidados a intervir, que é na sessão solene que começa com a posse da nova direção, e depois há os que se põem na bicha para intervir».

O líder do Governo falou igualmente sobre a medida, hoje aprovada no Parlamento Regional, que prevê a redução da subvenção parlamentar aos partidos, lembrando que os partidos políticas precisam de financiamento público para não caírem na mão de interesses privados.

“Os partidos precisam de ser financiados publicamente, cortar por cortar é pura demagogia, querer democracia e, depois, pôr os partidos na mão do financiamento privado isso é subverter a partidocracia mas, como neste momento, vai um grande entusiasmo em Portugal pelo neocapitalismo liberal, é natural também que se queira entregar os partidos à dependência privada, portanto, eu sou contra isso”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest