Controlar custos é essencial para que o “negócio perdure”

São pequenos detalhes que fazem a diferença, explicou o director da Escola de Hotelaria e Turismo de Lamego.

001A gestão de custos no sucesso das empresas foi o tema do workshop promovido pela ACIF-Câmara de Comércio e Indústria da Madeira, em conjunto com o Turismo da Madeira e o Turismo de Portugal. O tema tem estado em discussão em todo o país com o objetivo de alertar os empresários para as mudanças verificadas no mercado, sobretudo ao nível da competitividade e da manutenção dos padrões de qualidade.

O director da Escola de Hotelaria e Turismo de Lamego, Paulo Vaz, que veio falar sobre a importância do controlo de custos na gestão dos empreendimentos turísticos, sublinhou que estas questões são fundamentais para a “sustentabilidade dos projetos” e para a “promoção a nível nacional e internacional”. Até porque, mesmo num projeto apenas de âmbito regional, há influências externas.

“Não vamos ensinar nada de novo, objetivamente, mas lembrar que o pequeno detalhe que deixamos atrasar uma semana depois tem impatos gerais no hotel e ao nível da tesouraria. (…) Tendemos a estar muito preocupados com a imagem exterior, mas é preciso ter uma equipa interna a funcionar em pleno para que o negócio perdure”.

Do programa constou ainda uma intervenção de boas-vindas da directora regional de Turismo, Carmo Fontes, Diretora Regional do Turismo, bem como da presidente da direcção da ACIF, Cristina Pedra Costa, assim como a intervenção de Isabel Vinagre, técnica do Gabinete de Apoio Especializado às Empresas do Turismo de Portugal, sobre o papel deste instituto público junto das empresas.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest